× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: ludmilaerogerio

Baixar

Ludmila e Rogério

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Ludmila e Rogério

Nossa História

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

 

Quando nos conhecemos, nem imaginávamos que um dia tudo isso acabaria como um conto de fadas, com a realização do nosso grande sonho: o casamento! O coração aperta, o dia está chegando, e começa a passar um filme de tudo o que passamos para chegar até aqui. E como é bom relembrar cada pedacinho da nossa história de amor.

Nossa  história de amor teve início  há sete anos. Difícil colocar no papel tanto tempo, inúmeros momentos, fatos, viagens, distância ..e acima de tudo o que fomos e somos um para o outro nesses 7 anos de namoro .  Nossa história possui enredos e experiências que dariam um filme.. Ninguém apostaria anos atrás, que pudessemos hoje estar noivos e prestes a subir no altar.

Por isso, é com grande alegria que partilhamos com todos vocês amigos e familiares um pedacinho da nossa história, da amizade ao noivado. E tudo começou mais ou menos assim:

Ano de 2010.

Era uma vez uma baiana e um mineiro. Moravam os dois em São Paulo, duas quadras de distância um do outro. Ela natural de Teixeira de Freitas-Ba, estava ali para cursar fisioterapia na Uninove. E ele, natural de São francisco-MG, cursava teologia no Itesp.

O primeiro encontro ocorreu por acaso em meados de 2010 na Igreja Basílica de Nossa senhora do Carmo. Foi apenas uma visão rápida em uma celebração dominical sem muita importância, mas que ficou marcado como o dia em que nos vimos pela primeira vez.  Ora, o mundo dá voltas e meses depois nos tornaríamos melhores amigos (amizade de verdade). Ela catequista e ele coordenador de catequese.

O dia marcante para o nascimento dessa amizade foi o dia 25 de Abril/2010 numa simples festa de Hagadá (celebração da ceia pascal judaica)  proposta pelo grupo de catequistas. Ali foram tiradas as primeiras fotos, as primeiras mensagens, as primeiras brincadeiras, enfim, porque não dizer o primeiro contato.

Nascia ali uma amizade sem igual, algo anormal sem explicação. Dias depois, por ocasião do aniversário dele, ela já o presenteava com  o primeiro presente (um chocolate que por sinal está guardado até hoje rs). Tamanha amizade foi confirmada numa viagem a Aparecida do Norte pouco tempo depois. Momento de partilha, oração, descontração  e aproximação.

Tudo caminhava sem a menor pretensão de algo acontecer. A amizade já era o bastante e supria o que cada um passava naquele momento. Mas a vida prega peças impensáveis, obras não esperadas, destinos não planejados.  De fato, Deus ali escrevia certo por linhas tortas. E o que ele escreve se cumpre. Nascia entre os dois, de uma maneira inesperada, um sentimento que rompia as barreiras da amizade. Estamos falando daquilo que domina, preenche ,move e aquece o coração do ser humano: o amor. Pronto, o amor apareceu. Era tudo o que os dois não desejam naquele momento.  Porém, pouco faltava para o primeiro beijo acontecer. E aconteceu....

Foi num belo dia de garoa, frio em  um sábado qualquer: 06 de setembro. Foram juntos ao aquário em São Paulo 'visitar peixes'. O primeiro beijo comove  e estremece os bons amigos. No fundo foi um beijo roubado depe para ela. Tiveram a primeira DR. Optaram por se distanciar para que aquele sentimento adormecesse. Porém, nada adormece quando é de verdade. A partir dali o namoro era uma questão de tempo, o caminho mais normal e natural para dois corações que buscavam a plenitude da vida: a felicidade em estar junto com alguém que nos faz bem. 

Ao final daquele ano ele escolhe outros caminhos e retorna a Minas Gerais . Decide morar em Sete Lagoas. O namoro encontra uma primeira barreira: a distância a partir de 2011. Tantas foram as indas e vindas, tanto dele quanto dela. Despedidas silenciosas e doloridas que só quem ama é capaz de falar e sentir. Esforço constante para estarem juntos pelo menos uma vez por mês. Tamanha distância só fez aumentar o que um sentia pelo outro. A frase marcante nesse longo trajeto Sete Lagoas-Sao Paulo  era "longe dos olhos mas perto do coração". Ao final daquele ano ele viaja para a Bahia a fim de conhecer os sogros. E como foi bom!

Mas nem tudo foi tão belo...nem poderia ser. Em 2012 resolvem dar um tempo no relacionamento. A distância se torna um problema. As incertezas apareceram  e os sonhos pareciam desabar. A separação dura seis meses. Tempo suficiente para recomeçar, isto é, para que os dois pudessem ter a certeza do que sentia e, sobretudo, do que queria. Voltavam daquela experiência mais maduros e decididos a ter um futuro juntos.

O tempo passa. Tantas viagens para a Bahia, Minas, Maceió, Aparecida do Norte, Guarujá....momentos inesquecíveis que ficará na memória para sempre. Somente o coração de cada um saberá contar tantas lembrancas, imagens únicas e eternas fixadas no tempo e no espaço da vida. Vale lembrar que em 2014, quatro anos  de namoro depois, ela conhece os sogros. A distância, os estudos e os trabalhos explicam tanta demora.

Em 2015 ela termina os estudos e opta por retornar à Bahia. Começou a trabahar e tudo se ajeitou. A distância que já era grande ficou um pouco maior. Mas verdadeiramente o amor só aumentou. O trajeto muda, ao invés de Minas-SP, agora é Minas-Bahia.

Até que dia 30 de Dezembro de 2016 os dois resolvem dar um passo a mais no relacionamento: O noivado!!!! Momento lindo realizado na terra natal do noivo.  A partir dali começamos a sonhar e a orar juntos por um noivado e matrimônio abençoado por Deus.   

Sabe aquela frase "o coração tem razões que a própria razão desconhece?". Pois então, prazer! Esses somos nós: Ludmila e Rogério . Estamos aqui,contando os dias para a realização deste sonho e, sobretudo, contando com você!!!